Os diferentes espaços do jardim privado contemporâneo

Texto: CatarinaGDesigns Fotografia: D.R.

Os jardins privados são cada vez mais espaços muito pessoais.  Tal como o interior das casas, estes refletem personalidades e estilos de vida bastante específicos.

Neste artigo não vamos dar o enfoque tanto nos estilos de jardins, sejam mais formais ou naturalistas, mas queremos abordar este espaço da casa tal como abordaríamos o seu interior.

A questão a colocar é: Como é que queremos viver e usufruir desta área da casa? Que divisões ou zonas com funções específicas é que queremos ter no jardim e porquê, qual será a sua utilização e a quem se destina no agregado familiar? Serão zonas que irão ser reconvertidas mais tarde e como?

É importante responder a estas questões antes de começarmos a gerir estes diferentes espaços. Por exemplo  um espaço para a prática de Yoga ou ginástica terá que ser abordado de forma diferente daquele destinado para as crianças brincarem.

O objetivo é que o jardim seja um espaço vivido e apreciado durante todo o ano e ao criarmos espaços com funções bastante específicas existe a real possibilidade de aumentar a utilização e usufruto do jardim, desde que estes reflitam o nosso estilo de vida.

 


1Ginástica e meditação ao ar-livre

O aumento da prática de atividade física é um facto na sociedade contemporânea, e nem sempre esta é feita num ginásio. A meditação, o Yoga e a ginástica podem ser praticados no jardim  durante quase todo o ano principalmente quando pensamos no clima  em Portugal. Estas áreas podem ser pensadas como zonas mais recolhidas, utilizar a vegetação para criar alguma privacidade sem fechar muito os espaços e não esquecer que precisamos de uma área lisa seja ela pavimento cerâmico ou deck para se puder colocar um colchão. 

2Comer e cozinhar no jardim

Se tivermos um espaço específico no jardim, preparado para refeições com uma cozinha de exterior existe uma maior possibilidade de o utilizarmos diariamente. Existem alguns elementos importantes a considerar, designadamente ter  uma zona protegida onde possamos guardar alguns utensílios e condimentos, área de bancada com lavatório para preparação das refeições é essencial e claro o churrasco que pode ou não ser fixo.  Não esquecer que existe uma grande variedade de pratos que podemos cozinhar nos churrascos e fornos de exterior.

3Actividades para os mais novos

O arranjo dos espaços para as crianças pode variar muito. Utilizar os equipamentos mais tradicionais como baloiços e escorregas ou outros como tendas e jogos que se podem  praticar no exterior. Estas duas últimas ideias são ideais para quem pensa depois reconverter esta zona de jardim para outra utilização, quando as crianças crescerem. Plantas aromáticas e com texturas interessantes são ideais para plantar nestas zonas de forma a incentivar um maior contacto com a vegetação. São áreas normalmente mais abertas de forma a que os pais possam facilmente vigiar os mais pequenos.

4Estúdios e escritórios no exterior

A maior flexibilidade nos empregos faz com que actualmente  muitas pessoas trabalhem a partir de casa mesmo quando por conta de outrem.  A mobilidade e flexibilidade de horários são algumas vantagens mas é essencial que também haja uma zona específica das nossas casas dedicada ao escritório, e porque não o jardim? Se o seu jardim tem espaço suficiente para tal esta é uma maneira interessante de manter o escritório fora do interior da casa, ao mesmo tempo que pode usufruir dele  enquanto trabalha. Verdadeira qualidade de vida.

5Piscinas e spas no jardim

Principalmente no Verão apetece muito ter uma piscina ou spa no jardim, a implementação depende muito da área disponível. O ideal é ter a possibilidade de ser com água aquecida para que possa utilizar durante todo o ano, sem restrições.

6Cantinho para horta e vegetais

Cada vez mais todos queremos cultivar e produzir os nossos próprios alimentos, se tem um espaço de cozinha no exterior é uma boa ideia ter a horta ou zona de ervas aromáticas à mão para facilitar quando cozinhamos . Muito importante é cultivar apenas uma área que seja fácil de manter de acordo com o estilo de vida. É fácil o entusiasmo inicial  e ter uma grande zona de horta e depois na prática não existir tempo suficiente para a manter.

7Sala de estar no jardim

Esta zona é normalmente a mais utilizada, localizada relativamente perto da casa se possível na sequência da sala-de-estar interior. Uma zona de estar com sofás e cadeirões seja que em estilo for é fundamental no jardim. Esta zona deverá ser bem integrada com o estilo do interior da casa fazendo com que  a passagem do interior para o exterior seja o mais harmoniosa possível.

Write a comment

Comments: 0