Preparar o Jardim para a Primavera

Comece já a planear o seu jardim seja ele num terraço, varanda ou num vasto terreno.

Preparar um jardim para a Primavera implica pensar no seguinte:

  • Vegetação; que é para sair, existente e novas aquisições
  • Ferramentas; actuais e qual a melhor ferramenta para a manutenção que preciso
  • Estruturas; manutenção e como escolher um novo elemento

Se já tem um jardim que precisade ser renovado ou se está apensar em fazer um projectode raiz, esta altura do ano é ideal para começar a planear,principalmente quando envolve vários profissionais de especialidades diferentes o planeamento de um espaço exterior pode demorar algum tempo, por isso se quer tudopronto para o início da Primavera o melhor é começar a delinear as diferentes etapas e contactar um profissional para o ajudar.Mas a preparação para a Primavera é necessária também num espaço já implementado,a renovação de algumas plantas e estruturas requer uma série de passos. Começando pelas plantas, temos que decidir o que vamos manter, o que vai mudar de posição no jardim e o que se vai retirar,ou porque a vegetação está morta ou porque não resulta dentro do conceito que queremos para o espaço. O transplante de plantas deve ser efectuado com cuidado e tendo atenção à dimensão da planta que queremos deslocar, a transplantação é também uma boa maneira de revitalizar a planta com uma limpeza das raízes e um solo renovado. A transplantação de plantas deve ser efectuada no final do Inverno início da Primavera, alturas de pouco calor e mantendo as raízes sempre húmidas.Mas antes de qualquer acção temos que decidir o que fazer, para isso precisamos de planear como queremos que o espaço fique,e se houver plantas novas quais as espécies e onde as colocar. A melhor maneira é fazendo pequenos sketches do espaço, tendo em conta o tamanho, estrutura e texturadas plantas novas e das existentes, assim iremos conseguir conjugar as diferentes plantas para o melhor impacto possível.Uma lista simples irá ajudar depois nas compras para o jardim, outra questão é oque fazer com as plantas que ainda estão saudáveis mas que não queremos no nosso jardim, concerteza que conhece outras pessoas com jardins pode perguntar a vizinhos e amigos se estão interessados nas plantas que não quer. Árvores e arbustos a manter precisamde ser podados, flores mortas devem se rcortadas. Se já tem um bebedouro e comedouro para os pássaros é altura de fazer também uma limpeza

Visitas a lojas, websites e revistas da especialidade podem fornecer várias sugestões!

Depois de termos pensado na vegetação e em complementos para a biodiversidade do nosso jardim podemos começar a pensar nas estruturas do jardim, toldos, pérgolas, abrigos, compostor, mobiliário etc. concerteza que alguns iram necessitar de algum tipo de manutenção dependendo do material de cada um, mesmo que seja somente uma limpeza. Se o plano for implementar um novo elemento deveremos antes de mais procurar aconselhamento, por vezes o que pensamos ser de fácil implementação no nosso jardim pode precisar de um tipo de suporte diferente em termos de construção. Qualquer tipo de construção de maiores dimensões deve-se consultar uma opinião especializada. Antes temos de escolher o que queremos para o nosso jardim, visitas a lojas, websites e revistas da especialidade podem fornecer várias sugestões, e talvez mostrar outras opções que não tínhamos pensado ainda. Uma pequena colecção de imagens do ambiente que queremos ajuda a fazer a lista de elementos que precisamos de adquirir para o concretizar. Não exagerar nos elementos decorativos que não possam ficar permanentemente no exterior, o jardim é para se estar, relaxar e apreciar o que nos rodeia e não para esta rconstantemente preocupado com almofadas e outros materiais decorativos. Outro elemento importante é ter um espaço de arrumação acessível e discreto.O mesmo se passa com o mobiliário de exterior ele deve ser resistente e prático. Mobiliários de plástico e ferro requerem normalmente apenas uma limpeza geral,já em madeira precisa de um pouco mais de cuidado. Outro elemento importante é o sistema de rega, caso tenha estado desligado durante os períodos de Inverno e Outono convém testar e ver se está tudo a funcionar correctamente, pode também precisar da substituição de algumas peças.

O jardim é para se estar, relaxar e apreciar o que nos rodeia e não para estar constantemente preocupado com almofadas.

Verificar o sistema de iluminação, ver se há algum foco que precise ser substituído ou alguma outra peça que precise de atenção. Por fim pensamos nas ferramentas para a manutenção do espaço exterior, as que já temos em que estado é que estão e que tipo de manutenção precisam. Se é necessária alguma ferramenta nova e qual a melhor para as nossas necessidades especificas. Um jardim bem preparado e comum bom planeamento é meio caminho andado para ser bem implementado e ter um bom crescimento. Portanto há que pensar bem em todos os passos a dar e o que tem que ser feito em primeiro lugar. O nosso espaço de jardim deve ser prático, se existe algum aspecto com o qual não estamos satisfeitos esta é a altura depensar algo para o melhorar.

Write a comment

Comments: 0